top of page

Matérias Médicas A

A Patogenesia estuda os efeitos dos agentes terapêuticos no corpo são, a fim de adaptá-los (...) aos sintomas conhecidos da moléstia, de modo a fazê-los desaparecer, estabelecendo a saúde (...) são os materiais, portanto, desses agentes terapêuticos que a Homeopatia usa na prática e, os conjuntos desses materiais metodicamente selecionados, constituem a PATOGENESIA ou MATÉRIA MÉDICA desses agentes terapêuticos.

ATRA-R – ATRAX ROBUSTUS

ATRAX ROBUSTUS

REINO: ANIMAL – MIASMA: LUETISMO/SIFILINISMO

Animal. Aracnídeo. Aranha venenosa da familia das Hexathelidae. É nativa do oeste da Austrália, tem grandes sacos de veneno, sendo considerada uma das 3 aranhas mais venenosas do mundo e seu veneno é letal. Sua mordida produz uma síndrome tóxica grave, “atraxismo”, que é caracterizada por uma fase de excitação seguida de um período de letargia e sonolência com hipotermia. A morte vem após uma fase de intensa agitação com secreções salivares e lacrimais. Diferente da maioria das outras aranhas, que costumam fazer algum esforço para afastar-se do perigo, esta aranha, com seus sacos de veneno totalmente carregados, vai defender o seu chão e prontamente atacar qualquer ameaça à sua vida, independentemente do tamanho. Tendo esgotado seu suprimento, no entanto, ela tentará uma rápida saída. Sua cor é azul-escuro ou marrom brilhante.

Experimentação realizada por Sankaran em 1969.O remédio é preparado com o veneno.

http://institutoarqueiro.com.br/novosite/modules/arqueiro/mmedica.php?sort=abbreviation&med=atra-r&book=medicine#187

MATÉRIA MÉDICA – Vijnovsky
ATRAX ROBUSTUS

(Aranha venenosa da Austrália)

MENTAL

1 – Esgotamento físico e mental; ele não pode fazer nenhum trabalho; ele se levanta cansado, mas devagar
melhoria

PARTICULARES

2 – Ligeira vertigem. Dor no olho esquerdo, antes de adormecer, na cama. Corrimento ocular branco ou amarelo, as pálpebras de amanhã estão presas; com dor no olho esquerdo, como se fosse empurrado para a frente. Olhos vermelhos, mais o esquerdo. Sensação de contração atrás da orelha esquerda e depois a direita; como se um fio estivesse entre a mastóide e o occipital.
Descarga nasal amarelada, grossa, às vezes preta e pegajosa.

3 – () Sensação de uma peça na garganta, pior deitado de costas. Dor de garganta, pior do lado esquerdo, quando engolir e para bebidas, mais à noite (às 2 horas) e à noite. Pressão no
cartilagem tireóide. Garganta vermelha e seca.

4 – Dor periumbilical mole, início gradual, pior andar, sentar ereto ou inclinado para trás; melhor deitado na barriga, por forte pressão ou flexão.

5 – Polaquiuria Noturna. Sensação de que algo foi deixado depois de urinar. A última gota é muito quente, escoriando.

6 – Tosse com expectoração fácil, esverdeada, grossa.

7 – Fraqueza súbita nos membros, especialmente nos inferiores, ao anoitecer; Ele precisa estar deitado, ainda. Membros descontraídos Dor no joelho, melhor por causa da forte pressão.

bottom of page