top of page

EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EM IMUNOTERAPIA INTEGRATIVA

Detalhes do curso

Público Alvo

Terapeutas e profissionais da saúde interessados em desenvolver as competências necessárias para a abordagem e melhora da qualidade de vida das pessoas, em especial através da imunoterapia como prática integrativa

Pré-requisitos

Ensino Médio completo e vontade de se ressignificar profissionalmente agregando valor.

Certificados

Os certificados são emitidos e chancelados pela Faculdade Brasília

A Imunoterapia Integrativa

A imunologia é o estudo das respostas do organismo que fornecem imunidade, ou seja, proteção às doenças. Ainda que o sistema imune seja muito complexo, certos componentes do sistema imune são facilmente detectados, como por exemplo, os anticorpos.

Você sabia que o nosso organismo possui mecanismos de defesa contra diversas doenças e também é uma forma de equilíbrio biológico?

Objetivo do Curso

  • Promover uma transformação positiva na vida do profissional e do paciente à partir do conhecimento em imunidade;

  • Ministrar sobre a importância do sistema imunológico (equilíbrio geral e proteção do organismo contra agressões que se originam no meio ambiente ou em nosso próprio corpo);

  • Abordar o tema utilizando linguagens específicas e analogias para melhor compreensão para o paciente dos componentes imunológicos (células, moléculas, barreiras e etc), conceituando os termos e suas funções;

  • Demonstrar o trabalho e eficiência do sistema imunológico contra invasores e células estranhas;

  • Estimular a compreensão do conteúdo através de recursos e ferramentas de expressão;

  • Realizamos o curso de Imunoterapia integrativa para que nossos alunos aprendam, apliquem e pratiquem aumentando sua qualidade de vida gerando contribuição social;

Faça o curso de Imunoterapia Integrativa da Abrahcon e saiba como funciona o sistema imunológico.

     O Terapeuta Homeopata tem por objetivo investigar o ser em sua totalidade, ou seja, físico, emocional, mental e seu estado de espírito. Investiga seus anseios, medos, sonhos, sono, sensações, ilusões e principalmente a experiência vivenciada com a doença. Desta forma, é possível buscar um remédio homeopático que o induza ao processo de auto cura, harmonizando em todos os âmbitos.

* AULAS SURPRESAS COM CONVIDADOS RENOMADOS NACIONAL E INTERNACIONALMENTE

Conteúdo programático

  • O que é imunologia e qual é a função fisiológica do sistema imunológico;

  • Componentes do sistema imunológico;

  • Moléculas do Sistema Imune;

  • Células do Sistema Imune e suas funções;

  • Órgãos do sistema Imune;

  • Sistemas envolvidos com Sistema Imune – Correlação;

  • Fases da resposta imunológica: reconhecimento e ativação dos componentes do sistema imunológico;

  • Apresentação de antígeno no linfonodo e ativação celular;

  • Função efetora dos componentes do sistema imunológico: migração para o sítio inflamatório;

  • Função efetora dos componentes do sistema imunológico: eliminação do antígeno e homeostasia(resolução do processo inflamatório);

  • Tipos de antígenos que geram uma resposta imunológica;

  • Características antigênicas e quais são os componentes de defesa mais eficientes para cada tipo de antígenos;

  • Resposta antígeno-hospedeiro;

  • Mecanismos de evasão do sistema imunológico;

  • Falhas e exemplos de doenças que permitem aos antígenos evadirem o sistema imunológico (diminuem a sua eficiência);

  • Novos usos para Terapias existentes;

  • Atualidades em imunologia;

  • Terapias naturais em Imunologia e sua aplicabilidade;

imunoterapia-768x432.jpg

Metodologia do curso

  • O curso compreende uma carga horária total de 240h, dividida em 16 módulos com videoaulas interativas ao vivo, além de: matérias médicas, discussão de casos reais e outros materiais complementares.

Organização Curricular

  • MÓDULO 1 – INTRODUÇÃO À IMUNOLOGIA

  • MÓDULO 2 – DO ÁTOMO AO SER COMPLETO: ASPECTOS ENVOLVIDOS NA RESPOSTA IMUNITÁRIA

  • MÓDULO 3 – RESPOSTA IMUNOLÓGICA (MOLÉCULAS E CÉLULAS)

  • MÓDULO 4 – QUANDO A IMUNIDADE “FALHA” (HIPOATIVIDADE IMUNOLÓGICA)

  • MÓDULO 5 – QUANDO A IMUNIDADE “EXAGERA” (HIPERATIVIDADE IMUNOLÓGICA)

  • MÓDULO 6 – CÉREBRO, INTESTINO E IMUNIDADE (MICROBIOTA)

  • MÓDULO 7 – PSIQUISMO E IMUNIDADE

  • MÓDULO 8 – FUNDAMENTOS DA ALIMENTAÇÃO E IMUNIDADE – A IMPORTÂNCIA DA NUTRIGENÉTICA

  • MÓDULO 9 – EXERCÍCIO FÍSICO E IMUNIDADE – O QUE HÁ DE ATUAL

  • MÓDULO 10 – SONO E IMUNIDADE

  • MÓDULO 11 – GERENCIAMENTO DO STRESS E IMUNIDADE – TÉCNICAS E APLICAÇÕES

  • MÓDULO 12 – IMUNIDADE E FÍSICA QUÂNTICA: NOÇÕES SOBRE CAMPO MAGNETO ELÉTRICO E IMUNIDADE

  • MÓDULO 13 – TERAPIAS COADJUVANTES – POSSIBILIDADES (PÓS-COVID)

  • MÓDULO 14 – INTERLEUCINAS: EXEMPLOS DE SUAS ATIVIDADES E ATUAÇÕES

  • MÓDULO 15 – FERRAMENTAS DE APOIO AO SISTEMA IMUNE

  • MÓDULO 16 – ESTUDO DE CASOS

240H

Carga horária

BIBLIOGRAFIAS: 

1. Gleeson M. Immune function in sport and exercise. J Appl Physiol 2007103(2):693-699.
2. Lovelady CA, Fuller CJ, Geigerman CM, Hunter CP, Kinsella TC. Immune status of physically active women during lactation. Med Sci
Sports Exerc 200436(6):1001-1007.
3. Kohut ML, Davis JM, Jackson DA, Colbert LH, et al. The role of stress hormones in exercise-induced suppression of alveolar
macrophage antiviral function. J Neuroimmunol 199881(1-2):193–200.
4. Akimoto T, Kumai Y, Akama T, et al. Effects of 12 months of exercise training on salivary secretory IgA levels in elderly subjects. Br J
Sports Med 2003 37(1):76-79.
5. Davis JM, Murphy EA, Brown AS, Carmichael MD, Ghaffar A, Mayer EP. Effects of moderate exercise and oat b-glucan on innate
immune function and susceptibility to respiratory infection. Am J Physiol Regul Integr Comp Physiol 2004 286(2):366-372.
6. Matthews CE, Ockene IS, Freedson PS, Rosal MC, Merriam PA, Hebert JR. Moderate to vigorous physical activity and risk of upperrespiratory tract infection. Med Sci Sports Exerc 200234(8):1242-1248.
7. Weider T, Schurr T. Effect of exercise on upper respiratory tract infection in sedentary subjects. Br J Sports Med 200337(4):304-306.
8. Risoy BA, Raastad T, Hallén J, et al. Delayed leukocytosis after hard strength and endurance exercise: Aspects of regulatory
mechanisms. BMC Physiol 20033(14):1-12.
9. Nieman DC. Marathon training and immune function. Sports Med 2007 37(4-5):412-415.
10. Ronsen O, Kjeldsen-Kragh J, Haug E, Bahr R, Recovery time affects immunoendocrine responses to a second bout of endurance
exercise. Am J Physiol Cell Physiol 2002 283(6):1612-1620.
11. Zhang X, Matsuo K, Farmawati A, et al. Exhaustive exercise induces differential changes in serum granulysin and circulating number
of natural killer cells. Tohoku J Exp Med 2006210(2):117-24.
12. Pedersen BK, Hoffman-Goetz L. Exercise and the system: Regulation, integration, and adaptation. Physiol Rev 200080(3):1055-
1081.
13. Nieman DC, Nehlsen-Cannarella SL. The immune response to exercise. Semin Hematol 1994 31(2): 166-179.
14. Natalie VM, Brenner IK, Moldoveanu AI, Vasiliou P, Shek P, Shephard RJ. Effects of three different types of exercise on blood
leukocyte count during and following exercise. São Paulo Med J 2003121(1):1-9.
15. Nieman DC, Henson DA, Austin MD, Brown VA. Immune response to a 30-minute walk. Med Sci Sports Exerc 200537(1):57-62.
16. Mooren FC, Lechtermann A, Volker K. Exercise-induced apoptosis of lymphocytes depends on training status. Med Sci Sports Exerc
2004 36(9):1476-1483.
17. Broadbent S, Gass G. Effects of endurance training on intracellular calcium concentration in T lymphocytes. Eur J Appl Physiol
200698(3):242-249.
18. Santos RV, Caperuto EC, Costa Rosa LF. Effects of acute exhaustive physical exercise upon glutamine metabolism of lymphocytes
from trained rats. Life Sci 2007 80(6):573-578.
19. Suzui M, Hawai T, Kimura H, et al. Natural killer cell lytic activity and CD56(dim) and CD56(bright) cell distributions during and after
intensive training. J App Physiol 2004 96(6): 2167-2173.
20. Simpson RJ, Florida-James GD, Cosgrove C, et al. High-intensity exercise elicits the mobilization of senescent T lymphocytes into
the peripheral blood compartment in human subjects. J Appl Physiol 2007 103(1):396-401.
21. Laing SJ, Blackwell J, Gwynne D, Walters R, Walsh NP. Neutrophil degranulation response to 2 hours of exercise in a 30 degrees C
environment. Aviat Space Environ Med 200576(11):1068-73.
22. Morozov VI, Tsyplenkov PV, Golberg ND, Kalinski MI. The effects of high-intensity exercise on skeletal muscle neutrophil
myeloperoxidase in untrained and trained rats. Eur J Appl Physiol 2006 97(6):716-22.
06/12/2018 Moreira Jr Editora | RB

Coordenadoria

Flávio Raimundo Ferreira

Professor Dr. Flávio Raimundo Ferreira 

FORMAÇÃO − Graduado em medicina com residência em pediatria, alergia e Imunologia. Possui título de Especialista em Pediatria pela SBP – Sociedade Brasileira de Pediatria, título de Especialista em Alergia e Imunologia pela ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia).  Pós-graduação em Dermatologia Clínica pelo ISBRAE (Instituto Brasileiro de Ensino). Pós-GRADUANDO em Neurociências pela PUC-RS.

PROFISSÃO − Médico Imunologista

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL −  Professor Universitário e preceptor de Pronto Socorro e Enfermaria. Médico Concursado é membro diretor da SOBOM (Sociedade Brasileira de Ozonioterapia Medica). Escritor Nacional e Internacional e palestrante, além de terapeuta Integrativo pelo CONATESI (Conselho Nacional de Terapias Integrativas). 

Domingos Oliveira

Dth. J. Domingos Oliveira 

PROFISSÃO − Terapeuta Holístico – CRT nº 4.6359

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL − É terapeuta holístico, especialista no sistema imune e na utilização de Bionanotecnologia. Tem importantes trabalhos científicos publicados no tema regeneração de tecido em feridas utilizados na nanotecnologia. Possui 3.050 citações em trabalhos científicos em diversas universidades como por exemplo a NYU, Oxford entre outras.

Rudmar Mendes Moscarelli

Professor Rudmar Mendes Moscarelli Terapeuta

Homeopata; Diretor Presidente da CHIONE– Especialista, Pós-Graduação latu sensu em Naturopatia Científica Clínica

FORMAÇÃO − Universidade Federal de Viçosa – Homeopatia Clássica – 1998 − Universidade Técnica Privada Cosmos – Medicina – Bolívia – 2005 (incompleto) − Universidade Luterana do Brasil – Farmácia – 2011 (acadêmico) − IPAPPI – Florianópolis – Parapsicologia Clínica 2013

PROFISSÃO − Homeopata Clássico – Universidade Federal de Viçosa – MG, curso de extensão e cultura − Técnico em Acupuntura – ETERF (Escola Técnica de Reabilitação Física) Ribeirão Preto – SP; − Especializado em Acupuntura pelo Institute International of Acupunture and Moxa Bustion Trade Center – Beijing `China`.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL − Técnico em Acupuntura – TAO Instituto de Saúde Integral – Brasília-DF; − Secretaria Municipal da Saúde de Goianápolis – GO (contratado para implantar Acupuntura e Fitoterapia em Saúde Pública); − Coordenador e professor convidado do Curso de Homeopatia da Homeobrás/ UFV-MG curso de extensão e cultura em Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo e Brasília. − Consultório de atendimento em Homeopatia na cidade de Brasília – DF

Plataforma

Contamos com uma plataforma própria intuitiva, fluida e responsiva - pode ser acessada através de qualquer dispositivo que tenha conexão à internet.

Materiais complementares

A Abrahcon oferece uma Biblioteca Virtual de domínio público e uma base com mais de 800 matérias médicas constantemente atualizada.

Estudo de caso

Durante o curso, desenvolveremos algumas atividades práticas, dentre elas, alguns estudos de caso, que será acompanhado durante as aulas e também após o fim do curso!

Interação humanizada

Mesmo sendo um curso na modalidade on-line, alunos e professores podem interagir durante as aulas ao vivo e também na plataforma de ensino-aprendizagem.

Cursos livres

Cursos livres e gratuitos disponíveis para membros e alunos cadastrados na Abrahcon.

Pagamento

INVESTIMENTO

8x de R$ 248,13*
Incluso material didático completo

*mensalidades recorrentes;
onde o limite do seu cartão não é ocupado

CONTRATO

MATRICULAR AGORA

Parceria

Logo Abracon
bottom of page